CARACTERIZAÇÃO DAS PELAGENS DOS EQUÍDEOS

PELAGENS, NOMENCLATURA OFICIAL!

Diversas Pelagens

Pelagem é o revestimento externo do animal e caracteriza-se pela coloração do conjunto formado por pele, pêlos, crina e cauda.

Resenha é a descrição pormenorizada de características visíveis na pelagem dos eqüinos. Resenhar um animal é definir sua pelagem, além de descrever e assinalar minuciosamente todas as particularidades observadas em seu corpo.

As pelagens se dividem em:

Pelagens Simples e Uniformes, com vários tipos e variedades;

Pelagens Simples e Uniformes com crina, cauda e extremidades pretas, com vários tipos e variedades;

Pelagens Compostas e Conjugadas, também com vários tipos e variedades.

 

PELAGENS SIMPLES E UNIFORMES

Com pêlos, crina e cauda de uma só tonalidade.

Pelagem Branca - Composta exclusivamente de pêlos brancos; praticamente extinta pois os animais com essa pelagem possuem o Gen W que confere morte embrionária.

Pelagem Pseudo-Albina - Conhecida como Pombo ou Gázeo. Pêlos brancos em pele com ausência quase total de pigmentação. Olhos coloridos (azulados ou castanhos).

Pelagem Preta - Pêlos, crina e cauda de coloração preta.

Pelagem Preta Maltinta - Pelagem preta com reflexos avermelhados na região do flanco e axilas, mas com a cabeça de tonalidade preta.

Pelagem Preta Azeviche - Pelagem preta de tonalidade forte, com reflexos azulados.

Pelagem Alazã - Pêlos, crina e cauda de coloração vermelha, variando de vermelha escura a amarelada. A crina pode ser de tonalidade mais clara.

Pelagem Alazã Cereja - Pêlos de tonalidade vermelha forte, lembrando a cor da cereja.

Pelagem Alazã Tostada - Pêlos de tonalidade vermelha escura, lembrando a cor de café torrado.

Pelagem Alazã Amarilha - Pêlos de tonalidade amarela com crina e cauda creme ou branca. Geneticamente relacionada com a pelagem alazã.

Pelagem Alazã Acima de Baia - Pêlos de tonalidade amarela com crina, cauda e extremidades avermelhadas.

 

PELAGENS SIMPLES E UNIFORMES

Com crina, cauda e extremidades pretas.

Pelagem Castanha - Pêlos de tonalidade vermelha com crina, cauda e extremidades pretas.

Pelagem Castanha Clara - O vermelho é de tonalidade mais clara. A tonalidade preta dos membros pode não atingir toda a canela.

Pelagem Castanha Escura - Pêlos de tonalidade vermelha escura com crina, cauda e extremidades pretas.

Pelagem Castanha Pinhão - Pêlos de tonalidade vermelha bem escura, quase preta com crina, cauda e extremidades pretas.

Pelagem Castanha Zaina - Pelagem castanha pinhão, sem particularidades na cabeça e nos membros.

Pelagem Baia - Pêlos de tonalidade amarela que variam do claro ao bronzeado com crina, cauda e extremidades pretas.

Pelagem Baia Palha - Pêlos amarelos bem claros, lembrando a cor da palha de milho.

Pelagem Baia Escura - Pêlos amarelos escuros.

Pelagem Baia Encerada - Pêlos amarelos bem escuros, lembrando a cor da cera natural.

Pelagem Pêlo de Rato - Pêlos de tonalidade cinza, lembrando a cor de rato com crina e cauda pretas. Somente asininos e muares.

 

 

PELAGENS COMPOSTAS

Interpolação de pêlos de duas ou três cores diferentes, distribuídos pelo corpo do animal. A variação de cores pode ocorrer no mesmo pêlo.

Pelagem Tordilha - Interpolação de pêlos brancos e pretos por todo o corpo do animal, inclusive crina e cauda. A pele é pigmentada. Nascem escuros e vão clareando à medida que envelhecem. Sempre um dos pais tem que ser da pelagem tordilha.

Pelagem Tordilha Negra - Pelagem preta com alguns pêlos brancos interpolados. Acontece no início do clareamento.

Pelagem Tordilha Escura - Pelagem tordilha com predomínio dos pêlos pretos.

Pelagem Tordilha Clara - Pelagem tordilha com predomínio dos pêlos brancos.

Pelagem Tordilha Ruça - Não se observa mais os pêlos pretos. Pêlos brancos por todo o corpo com excessiva pigmentação na pele das extremidades.

Pelagem Tordilha Cardã - Pelagem tordilha com reflexos avermelhados ou amarelados. Comum nos tordilhos que nascem castanhos, alazões ou baios.

Pelagem Tordilha Pedrês - Quando os pêlos pretos formam pequenos tufos no fundo branco.

Pelagem Rosilha - Interpolação de pêlos brancos nas diversas pelagens com predomínio da pelagem de fundo na cabeça. Os potros já nascem rosilhos e não sofrem clareamento com o avançar da idade. A pelagem de fundo vem descrita na denominação da pelagem. Por exemplo: Rosilha Preta, Rosilha Alazã, Rosilha Castanha.

Pelagem Lobuna - Interpolação de pêlos amarelos e pretos com predomínio dos pêlos pretos na cabeça. As duas tonalidades podem estar no mesmo pêlo. Pode ser Lobuna Clara ou Escura.

Pelagem Ruão - Interpolação de pêlos vermelhos, pretos e brancos. Somente asininos e muares.

 

PELAGENS CONJUGADAS

Presença de malhas brancas despigmentadas em qualquer outra pelagem.

Pelagem Pampa - Conjugação de malhas brancas despigmentadas bem delimitadas com qualquer outra pelagem. A designação Pampa precede o nome da pelagem de fundo se a proporção de malhas brancas for maior que a pelagem de fundo e deve vir depois do nome da pelagem, se as malhas brancas estiverem em menor proporção. Por Exemplo Alazão Pampa ou Pampa de Alazão.

Pelagem Apalusa - Qualquer pelagem que apresentar malha despigmentada na garupa, podendo atingir lombo, dorso, cernelha e costados. Apresenta pintas da pelagem de fundo nessa malha. Pode ser chamada de Apalusa Mantada ou Nevada dependendo do tamanho da malha despigmentada.

Pelagem Persa ou Leopardo - Pêlos brancos e pele com deficiência de pigmentação com pequenas malhas circunscritas de outra pelagem de fundo, distribuídas por todo o corpo do animal.

Pelagem Oveira - Malhas de despigmentação de contorno irregular em qualquer pelagem de fundo. As malhas despigmentadas nunca cruzam a região dorsal.

 

 

São sinais de forma e extensão variáveis, distribuídos na pelagem em diferentes partes do corpo

São sinais de forma e extensão variáveis, distribuídos na pelagem em diferentes partes do corpo

 

(67) 3241-8340 (67)99888-5882

saudeanimallab@hotmail.com

Desenvolvido por: Ideiasweb